Palavras

palavras_p2
imagem: Alessandra Giacomin

por Isabel Dall’Agnol

Esta noite te inventei
num banco.
Estavas ali.
Inerte ao mundo
que te tinha por volta.

Eu não sei
se estavas triste.
Ou se só estavas,
cuidando de tudo.
Como sempre.

Só via as
tuas costas.
Prendi.
Assisti.
E temi que os teus olhos
pudessem me cobrir.

Acho que já esqueceste.
Sou vaga lembrança
disfarçada de beleza.

E não te culpo.
És tu a minha memória,
abandonada por tristeza.

E se eles
nos vissem hoje?

Não acho que
Falhamos.
Nem acho que
soltamos.
Acredito que
escapamos.

Fingimos coragem,
vestidos de inocência.
Apagamos carinho,
soprando sonhos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s