Para as ostras

para-as-ostras_p2
imagem: Cassiano Rodka

por Clarice Casado

Que são tantas, neste oceano gigante da vida.

Das conchas,
faz-te produto:
areia, pedras e sal.
cristaliza-te nos sonhos,
permeia-te na noite,
preenche o vazio de quem sozinho navega,
enterra as tristezas,
e permite que ressurjas:
das conchas renasces,
bela como noite nublada,
mistério do que foi,
imensidão do que virá:
incerta como o vai e vem do mar,
infinita como a vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s