História de Maria: As máscaras

histmaria-mascaras2_p2
imagem: Carla Lund

por Marcella Marx

Maria recebeu o diagnóstico: você tem que aprender a construir camadas, a se envolver em seus véus – estar presente estando ausente.

Camadas, véus, ausente… As palavras se redundavam dentro de Maria, como aquele som recorrente de sua voz batendo nas paredes das cavernas ou nas rochas das montanhas, e voltando ao seu encontro – tornando a lhe dizer.

Apesar de Maria adorar ser várias e também ela mesma, encontrava dificuldade ao procurar se esconder. Sua nudez lhe deixava cicatrizes pelo corpo todo: arranhões, hematomas, inchaço, nervos à flor da pele, super sensibilidade exagerada, zumbido agudo nos canais auditivos, falta de ar e coração em descompasso. Sintomas que Maria conhecia, estavam impressos em seu corpo.

Se você não se vela Maria… corre riscos. Mais palavras preenchendo Maria.

Mas ela gostava de correr riscos. E como gostava. Saia de propósito de casa quando o primeiro dia de frio aparecia, só pra sentir ele de perto, congelando seus ossos e viver a mudança das estações na pele. Planejava esquecer o guarda-chuva em casa para apreciar a água tocando e escorrendo pelo seu corpo. Partia nos últimos segundos para brincar de apostar corrida com o tempo. Ao ver uma pessoa morando na rua, Maria se enxergava ali, em seus olhos e experimentava um traço daquela possibilidade. Em suas viagens, Maria perseguia para além de seu conforto.

Maria usava máscaras do lado do avesso e vestia véus repletos de rasgos e outros defeitos.

Seu corpo era o retrato de sua vida – menos ou mais vivida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s