O quarto

oquarto_colors_pastel.jpg
imagem: Cassiano Rodka

por Isabel Dall’Agnol

Não foi por acaso
que ali se encontraram.
Jamais seriam elas,
se assim não o fosse.

Fecharam os olhos e
distribuíram sonhos.
Compartilharam apertos
e desapegos.
E entre gargalhadas
e segredos,
despertaram o amor.

Brinquedos se espalharam
Cifras inventaram.
Enigmas desvendaram.

O tempo voa,
enquanto o vento
desbota o retrato.

Espaços ocuparam.
Laços amarraram.
Sentidos descobriram.

Firmaram atitude,
entre mãos
e temores.

Elas sabem que
tecidos se rasgam.
Tanto quanto
diamantes se eternizam.

Já não importa quando
não adormecerem
em companhia.
A imagem do quarto
estará sempre
deitada no espelho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s