O canto

ocanto_P2.jpg
imagem: Carla Lund

por Isabel Dall’Agnol

Na busca, desesperada,
de encontrá-la, ele…
Rascunhou em cadernos.
Abraçou as palavras que ficaram.
Percorreu pelas imagens que sobraram.
Fotografou os próprios lábios.
Procurou amigos em paredes.
Brincou com a sombra do seu corpo.
Inventou pernadas pela avenida.
Sussurrou o socorro da solidão.
Olhou através do relógio da esquina.
Pedalou até o desfiladeiro.
Contemplou o risco livre entre o céu e o mar.
Orquestrou pétalas em rosas.
Assobiou a canção mais bonita.
Perseguiu o pôr do sol.
Dançou com uma estranha.
Entorpeceu-se com a lua.
Trocou beijos por encanto.
Deitou-se com o frio.
Tatuou-a no canto do seu olhar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s