Tudo aquilo que me faz sorrir

tudo-aquilo-que-me-faz-sorrir_p2
imagem: Cassiano Rodka

por Isabel Dall’Agnol

Descobrir uma música e
senti-la invadir minha alma.
Vibrar meu violão.
Dançar sem pensar.

Correr de braços abertos,
no ritmo de alguma canção.
Respirar a natureza.
Deixar-me levar pelo vento.

Atirar-me no chão e sentir
o sol me tocar.
Contemplar uma paisagem.
Desenhar com as nuvens.
Assistir aos pássaros voarem.

Planejar uma viagem e
esperar pela aventura.
Colocar os pés em uma
cidade desconhecida e
desvendá-la, incansavelmente .

Apreciar fotos.
Recordar com elas.
E perceber que, às vezes,
gosto daquelas que
saem da minha máquina.

Ler um poema
e me sentir nua.
Prender-me a uma
história de amor.
Brincar com as palavras.

Enfrentar algum medo.
Confortar meu coração.
Aliviar uma ilusão.

Um carinho inesperado,
por incrível que pareça.
Um abraço apertado,
ainda que não pareça.

Devorar uma panela de
branquinho, ainda quente.
Tomar um café.
Beber um vinho.

Esperar pela primavera.
Admirar as árvores.
Contar pétalas em flores.

Facilmente, sonhar.
Dificilmente, amar.
Mas, ainda assim,
sempre me entregar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s