História de Maria

historia-de-maria_p2
imagem: Ana Nitzan

por Marcella Marx

Enquanto Maria tomava seu banho noturno, costumava repassar centenas de vezes os acontecimentos do dia e outros não tão recentes que a revisitavam. Por vezes, ela revia as situações às quais havia sido exposta, suas reações diante das tais no dia a dia; ela as dilacerava para ter mesmo certeza de que tinha enxergado por todos os ângulos possíveis. Mas Maria era sempre e novamente pega por um outro ponto de vista com o qual não havia se confrontado. De tanto pensar, Maria acabava chegando a tristes conclusões, e uma delas era sempre recorrente: sua falta de esperança nas pessoas. As formas mais sutis de agir perversamente a feriam um pouco por vez e chegavam a fazer grande estrago. Aos olhos de alguém muito atento como Maria, essas ações tornavam-se gritos agudos que passavam a ressoar em seus ouvidos por dias, as vezes meses. Maria se considerava uma mulher compreensiva e apesar da desesperança, era a primeira a esquecer os delitos suaves aos quais era submetida ou para os quais se tornava testemunha ocular. Maria, sem dúvida possuía um enorme senso de sobrevivência e sabia que suas “descobertas” deveriam fincar-se nela e só saírem, de vez em quando, como confissão a uma especial amiga. Afinal, em algum momento, a pessoa precisa expulsar seus nós na garganta. Assim dizia sua mãe: O que não é resolvido faz seu ninho! E Maria sabia muito bem o que aquilo significava. Recentemente havia sido acometida por um desses “ninhos” que a deixou muda por quase um mês. Maria desconhecia o poder curador da palavra escrita, nunca sequer pensou que pudesse desatar nós escrevendo. Ironicamente, a mudez de Maria a fez criar asas nas pontas dos dedos. A vontade da palavra sair era tão grande que Maria descobriu mais um ponto de vista: o da escritora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s