Round One… Fight!

round-one-fight

por Pedro Cunha

Sabe quando nos flagramos no cinema sem respirar? Quando percebemos que estamos quase arrancando os braços das poltronas? Quando nos damos conta que estamos com os ombros duros? Algumas cenas de ação são especialmente felizes em causar esse encantamento e, dentre elas, as cenas de luta são consideradas especiais. A primeira cena de ação memorável do cinema foi a histórica corrida de bigas em “Ben-Hur” (William Wyler, 1959). Aproveitando-se das grandes novidades que eram o “cinemascope” e o “technicolor”. Se nos anos 40 e 50 Errol Flynn deixou o mundo sem ar com seus filmes de piratas e capa e espada o gênero de ação foi redefinido na década de 1960. Dois diretores foram responsáveis pela quase recriação do gênero: Steven Spielberg, com “Tubarão” (Jaws, 1975), e George Lucas, com “Guerra nas Estrelas” (Star Wars, 1977). O filme de Lucas, do meio para o fim, desde a cena no compactador de lixo, tem um ritmo alucinante.

Desde os anos 80 os filmes de ação tem se destacado em função das cenas de luta. Herois e vilões da tela grande encheram nossos olhos em cenas que nos arrepiaram. A ideia hoje é comentar um pouco as melhores (como sempre, em minha opinião) cenas de luta da história do cinema. Então prepare-se:

5) Ash x Sua Própria Mão em “Uma Noite Alucinante” (Evil Dead 2, Sam Raimi, 1987)

O diretor Sam Raimi, antes de fazer sucesso com a franquia Homem-Aranha foi o responsável por uma das cenas de luta mais improváveis da história. O ótimo filme de “terrir” “Uma Noite Alucinante” tem excelentes momentos, como a dança dos mortos, mas nada supera a batalha de Ash, o personagem principal, contra a sua própria mão. As caras de Bruce Campbell, o ator que faz o protagonista, ajudam a tornar o clima ainda mais surreal.

4) Neo x Morpheus em “Matrix” (Irmãos Wachowski, 1999)

Matrix, o primeiro filme da trilogia, foi um dos filmes que definiu o cinema do século XXI. Algumas tecnologias e recursos de CGI que depois tornaram-se clichê surgiram nesse filme e se hoje parecem banais, onze anos atrás eram estupefacientes. A cena do dojô virtual na qual Morpheus (Laurence Fishburne) ensina para Neo (Keanu Reeves) como utilizar a matrix a seu favor foi composta por alguns minutos que mudaram a história do cinema. Atire a primeira pedra quem nunca imitou a mãozinha de Morpheus chamando Neo para a luta…

3) Luke Skywalker x Darth Vader em “O Império Contra-Ataca” (The Empire Strikes Back, George Lucas, 1980)

Bom era o tempo em que o bem era bem e o mal era mal, não? Pois então, o épico espacial de Lucas tem nesse filme, o segundo gravado, o seu melhor e mais sombrio. A cena de luta (crianças, lembrem-se, é 1980!!) abusa da CG e da iluminação, além de ter no seu final uma revelação surpreendente e uma das melhores frases da história do cinema: “Luke: eu sou seu pai!”. Confira: são quatro minutos de tirar o fôlego…

2) Noturno x toda a segurança do presidente dos EUA em X-Men 2” (Bryan Singer, 2003)

O melhor filme dos X-Men gasta a sua melhor cena no início. Alan Cumming, que até então não fazia parte da franquia, interpreta o mutante azul que usa e abusa dos seus poderes de teleporte para ameaçar o supremo mandatário dos EUA. Eu, que gosto para caramba de quadrinhos e de X-Men, especificamente, acho a melhor cena de todos os filmes-X:

1) Beatrix Kiddo x O-Ren Ishii em Kill Bill volume 1” (Quentin Tarantino, 2003)

Tarantino é mestre em cenas de ação. Pensando bem eu poderia fazer uma lista das melhores cenas de ação de Tarantino. Ou eu poderia fazer uma lista das melhores cenas de luta de Kill Bill. Ou ainda, poderia fazer uma lista das melhores cenas de luta SÓ do volume um. Confesso que quase, QUASE coloquei duas lutas do filme na lista. Ia colocar também a cena de Beatrix Kiddo contra os 88 Malucos (que não eram 88, apenas gostavam de ser chamados assim…). Mas Uma Thurman, Lucy Liu, um dojô japonês, neve e Santa Esmeralda… é a combinação exata de trashera e kitsch-brega que só Tarantino sabe dosar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s