O dia em que apertei a mão de um beatle

paulmc02

por Cassiano Rodka

O domingo do dia 7 de novembro amanheceu ensolarado e o clima na cidade de Porto Alegre era de puro agito. Sir Paul McCartney estava prestes a fazer o primeiro de três shows de sua turnê Up and Coming no Brasil.

Minha irmã e parceira de PáginaDois, Clarice Casado, chegou neste mesmo dia de São Paulo para a capital gaúcha junto com o marido Márcio e o filho Vito, um beatlemaníaco de apenas 11 anos. Para se hospedar em Porto Alegre, escolheram o mesmo hotel de Paul McCartney, o Sheraton. Meu sobrinho estava determinado em ver o ídolo, então fui convidado a participar de um autêntico mergulho à beatlemania, como no filme “I Wanna Hold Your Hand”, de Robert Zemeckis. Nem hesitei em topar a aventura!

Os três me buscaram de carro e fomos para o hotel onde uma multidão já estava a postos na entrada, esperando por uma aparição do beatle. Ao descermos do carro, flashes registraram a nossa chegada. Hein? Pois é, acho que as pessoas ficam tão ansiosas que fotografam qualquer um que aparece, é um sarro!

Ao entrar no saguão, já dava para perceber que não éramos os únicos hóspedes beatlemaníacos. O lobby estava cheio de pessoas, incluindo os argentinos do The Beats, banda cover dos quatro rapazes de Liverpool. Enquanto tomávamos um cafezinho, Rusty Anderson, o guitarrista do Paul McCartney, apareceu no saguão. Distribuiu autógrafos, tirou fotos e depois foi almoçar. Mais tarde, foi a vez do simpático baterista Abe Laboriel Jr. aparecer carregando instrumentos para os músicos partirem para a passagem de som. Ele conversava muito amigavelmente com os fãs que estavam por ali e foi aí que resolvi dar um oi para os dois membros da banda e registrar o momento. Ao meu sobrinho, só interessava o Paul. A minha outra irmã, Camila, já havia se juntado à nossa função a essas alturas e fez os dois cliques abaixo.

abe
Ao lado do baterista Abe Laboriel Jr.
rusty
Junto ao guitarrista Rusty Anderson

Quando Sir Paul McCartney estava prestes a deixar o hotel para ir até o Beira Rio, os seguranças instalaram algumas barreiras e combinaram com as mais ou menos 20 pessoas que estavam ali dentro que podiam tirar fotos, mas nada de se jogar no cara. Todos concordamos e ficamos ao longo das barreiras esperando a descida de Paul McCartney. Cada vez que a porta do elevador abria, os olhinhos brilhavam e as máquinas preparavam o seu flash. Mas desciam hóspedes, cozinheiros, seguranças e nada do Paul. Até que rola a confirmação de que ele está vindo. O pessoal faz uma contagem regressiva de sua chegada baseada nos andares que o elevador marca. E, ao chegar no térreo, finalmente vemos Mr. Paul McCartney surgir arrancando gritinhos das garotas presentes. Ele faz um movimento exagerado de surpresa e muito simpaticamente passa abanando para todos. Eu tiro algumas fotos e depois baixo a máquina. Ao ver o beatle se aproximar a um metro de distância de mim, sei que só preciso fazer uma coisa: estender o meu braço em direção a ele e apertar a mão em agradecimento. Um cumprimento singelo a um cara que moldou a cara do rock. Uma reverência respeitosa a um músico que criou algumas das mais belas melodias que o mundo já ouviu. Um aperto de mão que humaniza o mito no contato da mão áspera e traz o sonho para a realidade. Paul não é um deus, ele existe e está aqui em Porto Alegre. É um ser humano dotado de uma simpatia que contagia multidões, maestro de uma sensibilidade que consegue orquestrar sorrisos em uma plateia de 50 mil pessoas. Um músico que traduz as emoções humanas em partituras assimiláveis tanto para crianças quanto para idosos. Por isso tudo, estendo minha mão a ele:

Obrigado, Paul.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s