Alice

alice

por Marcella Marx

Queria tomar uma poção e ficar bem pequenininha
e como Alice vagar por um mundo onde rosas podem ser pintadas de vermelho,
ouvir conselhos de uma sábia lagarta,
seguir o coelho e seu relógio – tic tac
sem nem sequer preocupar-me com as horas,
conhecer chapeleiros gentis que acreditem em mim
mesmo quando pareço perdida e demonstro toda minha insegurança.

Queria poder comer um pedacinho de bolo e crescer bastante,
tomar o espaço que me pertence
olhar de frente a rainha e ter toda a força de que disponho,
entender o vermelho e o branco como cores – diversas
cortar a cabeça de meus dragões sabendo que outras nascerão – e elas nascerão.

Queria sempre desejar voltar e voltar sempre
quando, como Alice, já não possa mais viver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s