Constante

constante

por Marcella Marx

Tal qual a maré que avança e recua sem cessar
Tal qual o dia e a noite que se transmutam infinitos
Tal qual as fases da lua que eternas nos regem
Ele vaga de chão em chão
Tal qual a água que nos permeia dia a dia
Tal qual a criança pedindo a mesma história pela décima vez
Tal qual o eterno retorno de nossos medos
Ele procura por si

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s