Texto em lá menor

am
imagem: Cassiano Rodka

por Cassiano Rodka

Amor não se mede em litros ou joules. Amor se mede em metros. Melhor ainda, em quilômetros. A distância é a responsável pelo amor, quiçá, sua parideira e ama-seca. Ver, tocar, nada disso é o objetivo. São preliminares. Falsos alarmes. O amor mesmo está do outro lado do muro. Na ascendente do precipício. Precisa-se esticar o braço, dar o pulo, alongar a perna. A batida do meu coração reverbera os teus passos em direção ao infinito. Então segue a tua estrada contrária. Mas saiba que, a cada passo, a cada metro, meu amor cresce e meu coração dilata. Traça teu destino, mas não seja bobo. Que nessa distância, e a essa velocidade, já sou teu desde o início.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s