Dúvida

duvida

por Clarice Casado

Marcella me pergunta,
assim, como quem não quer nada:
– Amiga, onde foi parar toda a sua poesia?
E eu não encontro coragem de dizer a ela,
– Anda manhosa, preguiçosa, nada prosa…
Hoje passeia,
toda amorosa,
nos braços fortes de
Quintana
Gelman
Vinicius
Pessoa
Plath
Neruda
Drummond…
E de Marcella.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s