Tempestade

tempestade

por Marcella Marx

Um barulho, e as folhas invadindo a casa.
Cacos de um vaso azul pelo chão
Correu até a janela e olhou as árvores balançando
Um redemoinho que se formava

O zunido do vento cada vez mais forte
Acelerando as batidas de seu coração
Janelas e portas vibrando em compasso
Ela parada

Céu em peso
Nuvens roxas girando em contra mão
Ela espera

Ar em gotas despenca
E derrete
Ela inquieta

Raio
em
queda

Ela
Na rua

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s