Em mim

emmim.jpg

por Marcella Marx

Os olhos miram onde quer que eu vá se me esgueiro no canto e agacho ou atrás da mesa me ponho os olhos estão a mirar apago as luzes fecho as cortinas e embaixo da cama me escondo inútil continuam a mirar abandono o quarto a casa e pela rua me encolho mas a lembrança dos olhos fita persegue e de volta ao quarto estou deitada escondo meus olhos em minhas mãos e o negro me engole. E descubro os olhos dentro de mim.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s